Sábado, 19 de Setembro de 2020
BAHIA
Bahia chega a 108 casos de coronavírus; mulher de 95 anos está curada
Imagem: Reprodução
Publicado em 26/03/2020

Ao todo, são 16 pacientes livres da doença; Salvador tem 66 casos confirmados

A Bahia registra 108 casos confirmados do novo coronavírus de acordo com novo boletim divulgado às 17h desta quinta-feira (26). Ao todo, 1.082 casos descartados e não há óbitos. A boa notícia é que, do total de casos desde janeiro, 16 estão curados, sendo dois nesta quinta. Entre eles, está uma mulher de 95 anos, que estava hospitalizada. Os idosos são um dos principais grupos de risco da doença.

Salvador registra 63 casos, sendo 60 residentes na capital, um residente em Mossoró-RN, um em São Paulo e outro em Miami, nos EUA. Os outros municípios com casos positivos são estes: Alagoinhas (01); Barreiras (01); Brumado (01); Camaçari (01); Canarana (01); Conceição do Jacuípe (01); Conde (01); Feira de Santana (09); Ilhéus (01); Itabuna (02); Jequié (01); Juazeiro (02); Lauro de Freitas (05); Porto Seguro (10); Prado (02); São Domingos (01); Teixeira de Freitas (01) e 4 estão em investigação sobre o local de residência e infecção.

Segundo a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com os Cievs municipais.

Além dos 16 casos curados, a Bahia possui 51 pacientes em isolamento domiciliar, adotando as medidas de precaução respiratória e de contato, sete pacientes encontram-se hospitalizados e 34 estão em investigação epidemiológica junto aos municípios.

A Sesab ressalta que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

Pacientes com suspeita de COVID-19 devem ter amostras coletadas e enviadas para o Lacen-BA quando estiverem em um dos seguintes critérios abaixo-relacionados:
1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.

Por: Correios 24h
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2020 © Todos os direitos reservados