Não é novidade para o brasileiro que precisa usar o serviço público de saúde a falta de empatia e educação por parte de alguns funcionários públicos, que inclui de recepcionistas a médicos, mas hoje nós da redação do RRN falaremos de um serviço público específico, que é o da nossa cidade, Rio Real.

Já tínhamos recebidos inúmeras denúncias referentes ao mal atendimento por parte de alguns profissionais da saúde em nosso município, e recentemente um membro da nossa redação pôde testemunhar de perto a ignorância e falta de educação por parte de dois funcionários da Maternidade de nosso município. O fato ocorreu neste último domingo (24/10).

“O que mais me espanta nessa situação toda é que ambos funcionários poderiam resolver a situação pacificamente, apenas chamando para um diálogo e explicando as normas da maternidade, mas ao invés disso usaram de uma ignorância terrível para com a acompanhante que estava no momento com minha esposa, e mais ignorância ainda com as pessoas que chegaram logo em seguida para visitá-la. Saliento que, em nossa maternidade, assim como nas demais áreas da saúde existem excelentes profissionais, e que prezam uma conduta ímpar, assim como a educação e a atenção. Talvez se tivéssemos uma fiscalização mais afiada em relação a conduta dos funcionários públicos iríamos conseguir diminuir bastante este tipo de acontecimento chato para ambos os lados. Ninguém procura uma unidade hospitalar para ser mal atendido ou ser ridicularizado por ignorância de alguns que não sabem diferenciar problemas pessoais com o trabalho”. Relata o redator.

O objetivo da nossa matéria não é prejudicar nenhum funcionário, por este motivo não estamos mencionando os devidos nomes. O objetivo da nossa matéria é conscientizar todos os funcionários públicos, seja da área da saúde ou não, que se alguém procura algum dos serviços é porque está precisando, e consequentemente essa pessoa já tem um problema a ser resolvido, não está ali para encontrar mais.

Se você se sentir ofendido ou se for mal atendido por algum funcionário público você pode registrar sua reclamação tanto contra o funcionário como contra a partição pública através da plataforma digital do “reclame aqui”.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *