Um homem de 63 anos, foi preso na tarde da última terça-feira (2) suspeito de estuprar uma menina de 9 anos. O crime aconteceu em Brasilândia, a 352 km de Campo Grande, e foi informado à Polícia Civil por meio de uma denúncia anônima pelo Disque-Denúncia.

Conforme apurado, uma pessoa anônima encaminhou um áudio para a polícia, gravado pela própria vítima, no qual o suspeito fala para ela sobre os constantes abusos. Na gravação a que a polícia teve acesso, o suspeito chama a vítima de “minha mulherzinha”, de acordo com o G1.

Com a denúncia, a polícia passou a investigar o caso e confirmou que a vítima poderia, de fato, estar sofrendo constantes abusos por parte do agressor. Na investigação, a polícia descobriu que o suspeito, próximo da família da vítima, já foi preso e condenado por crime de estupro de vulnerável, ocorrido em uma outra cidade.

Diante dessas informações a Polícia Civil solicitou à Justiça a prisão temporária do suspeito, o pedido foi acatado e o suspeito levado para a delegacia do município. De acordo com o delegado, Thiago José Passos da Silva, o idoso confessou o crime.

O idoso, que estava recorrendo em liberdade pelo crime anterior, deve passar por um novo julgamento assim que a vítima, as testemunhas e as provas periciais forem reunidas. O caso segue em investigação em Brasilândia e a pena para o crime é de 5 a 15 anos de prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *